Alimentação Saudável para reduzir o risco de gripe. Frutos e Legumes.

 

 

Pode a sua dieta reduzir o risco de apanhar gripe? A especialista em nutrição Dr.ª Lisa Hark, Directora do Programa Educacional de Prevenção e Nutrição da Universidade de Medicina de Pensilvânia, está convicta que sim. A Dr.ª Hark explicou-nos como uma dieta saudável pode ajudar a reduzir o aparecimento de espirros, narizes entupidos, irritação do frio e até a miserável gripe.

De acordo com a Dr.ª Hark, uma alimentação saudável amplifica e reforça o seu sistema imunitário, e pode mesmo impedir que fique de cama com gripe. A chave é não esperar até ficar doente para fazer estas mudanças; precisa rever a sua dieta alimentar e estilo de vida antes que o vírus da gripe ataque.

Estes são os coselhos da Dr.ª Hark:

Confie em alimentos saudáveis, não em vitaminas.

Alimentos saudáveis são muito melhores que suplementos para a prevenção da gripe, porque através de alimentos conseguimos todo um pacote nutricional. Por exemplo, comer uma laranja é melhor do que tomar vitamina C porque a laranja oferece-lhe um conjunto de nutrientes - magnésio, potássio, folato, vitamina B6 e flavonóides ricos em antioxidantes.

Mesmo sabendo que a vitamina C é importante para um sistema imunitário saudável, os estudos não mostram que tomar doses massivas de vitamina C consegue impedir o vírus da gripe de actuar. Contudo, sabemos também que comer frutas e vegetais ricos em vitamina C ajuda a tornar o sistema imunitário mais forte. O seu sistema imunitário é o que o protege de infecções virais, e os alimentos que comemos têm um impacto muito significativo na sua capacidade de combater vírus como o da gripe. A razão para os frutos e vegetais serem melhores para o sistema imunitário é porque também contêm vitaminas A e E, tal como os flavonóides que trabalham em conjunto com a vitamina C para tornar o sistema imunitário, e todo o corpo, saudável.

Coma mais frutas e vegetais  

Agora que sabemos que precisamos de comer bastante frutas e legumes para tornar o sistema imunitário forte, o próximo passo é tornar este conceito numa realidade. As tendem a comer menos frutos e produtos hortícolas no inverno, o que é precisamente o contrário daquilo que deve ser feito. Toda a gente deve ingerir pelo menos 5 doses de frutos e legumes por dia de modo a obter as vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes que necessita - tudo o que precisamos para um sistema imunitário forte e saudável.

Uma das formas mais simples de aumentar a ingestão de fruta e legumes é incorporar sumos naturais na sua dieta. Contudo, nem todos os sumos são adequados. Certifique-se que escolhe sumos com 100% fruta, porque os outros sumos contêm açucares extra e calorias. Para os melhores preços, tome especial atenção à sua mercearia local ou mercado municipal em busca de produtos da temporada. As laranjas, por exemplo, são geralmente mais baratas no inverno, o que contribui para a prevenção das gripes através dos citrinos.

A Drª Hark assegura que comer frutas e legumes congelados é outra forma económica e conveniente de melhorar os seus hábitos alimentares e prevenir-se das gripes. A oferta de legumes congelados varia desde as ervilhas ou espinafres até exóticas combinações de pratos vegetarianos que apenas precisa de colocar no microondas.

Certifique-se que as frutas e legumes fazem parte de todas as suas refeições. Basta adicionar bagas ou banana fatiada à sua taça de cereais ao pequeno almoço e beber um sumo natural de laranja. Junte uma maçã ao seu almoço e junte fatias de tomate, abacate e alface às suas sandes. Comece o jantar com uma salada ou sopa de vegetais. Habitue-se a manter a fruteira cheia para saciar o apetite entre refeições.

Mantenha a sua dieta saudável

Enquanto se foca em manter, ou aumentar, a quantidade de fruta e legumes que ingere, não se esqueça de complementar com outros alimentos saudáveis que o seu sistema imunitário necessita. Uma dieta bem balanceada com carnes magras, peixe, legumes, lactícinios magros, cereais e frutos secos fornece ao organismo tudo o que necessita para uma alimentação saudável. E um corpo saudável tende a possuir um sistema imunitário forte.

Fontes proteicas como carnes magras, lactícinios, ovos e legumes são especialmente importantes porque fornecem os aminoácidos que o corpo precisa para construir os componentes do sistema imunitário. As carnes magras também contêm ferro e zinco; a deficiência nestes minerais pode causar uma quebra no sistema imunitário.

Claro, evitar comida pouco saudável é muito importante. Mantenha-se afastado de açucares e gorduras, como as gorduras saturadas. A Drª Hark sugere que se prepare com lanches saudáveis de modo a não cair na tentação da fast food.

E se ficar doente?

Uma alimentação saudável e nutrição eficaz é também muito importante se apanhar gripe. A Drª Hark afirma que mesmo que fique doente e perca o apetite, precisa alimentar-se o melhor possível e sempre que possa. Tente três refeições diárias por dia, e não se esqueça das frutas e legumes. é fundamental ir buscar a energia que precisa para a recuperação, já que o seu corpo está a esforçar-se ao máximo para melhorar. A Drª Hark também salienta a importância de prevenir a desidratção. Beba muitos fluidos ao longo do dia, preferencialmente água e sumos com 100% fruta.

O que mais se pode fazer para prevenir as gripes

Uma alimentação saudável é só parte da solução. A Drª Hark tem outros conselhos para o ajudar a manter-se saudável:

Lave as mãos. As suas mãos estiveram em contacto com germes durante todo o dia. A melhor de livrar-se deles é lavar vigorosamente as mãos. Lave as mãos antes de preparar as refeições, depois de mexer em carnes cruas e antes de servir os alimentos. Certifique-se que toda a gente à mesa segue as mesmas práticas de higiene.

Descanse. Hoje em dia, a maioria das crianças e adultos não dorme o suficiente. Quando o corpo não descansa o suficiente, existem maiores probabilidades de adoecer.

Vacine-se contra a gripe. A Drª Hark diz que independentemente da idade, a vacina contra a gripe é sempre um excelente meio de prevenção. A vacinação adquire uma especial importância para pessoas idosas com problemas respiratórios.

Faça exercício. Existem fortes indicadores que dizem que quem pratica desporto adoece com menor frequência. O exercício é importante durante todo o ano, mesmo durante o inverno. Tenha um plano para manter-se activo durante o inverno, como vídeos de exercícios, saltar à corda ou praticar natação. Não se esqueça de levar os seus utensílios de treino quando viaja, praticamente todos os hotéis possuem ginásios e piscinas cobertas onde poderá praticar um pouco de desporto.

 

 

Voltar a Artigos