Vitamina B1

 

Vitamina B1

 

A Vitamina B1 nos Alimentos

 

 

A Vitamina B1, ou Tiamina, é formada por hidrogénio, carbono, nitrogénio, enxofre e oxigénio e encontra-se em pequenas quantidades numa grande variedade de alimentos. Os cereais integrais, levedura de cerveja, gérmen de trigo e sementes de girassol são excelentes fontes, juntamente com a carne de porco. Farinha, arroz e açucares, e outros produtos refinados, são muito pobres nesta vitamina.

É necessário ter em atenção a combinação de alguns alimentos, visto existirem substâncias que antagonizam a vitamina B1 e a destrói. Estes alimentos são o peixe e marisco e também o chá, que possuem a enzima tiaminase.

A Vitamina B1 e a Saúde

É a tiamina (vitamina B1) que permite que os hidratos de carbono sejam transformados em energia para o funcionamento do organismo, sendo esta a razão de ser tão importante o consumo de hidratos de carbono não refinados, como os cereais integrais ou melaço. Esta vitamina é também importante para a manutenção do sistema nervoso, que dando-lhe estabilidade, promove o equilíbrio mental e psicológico.

Os principais sintomas carenciais são de ordem circulatória e insuficiência cardíaca, falta de apetite, prisão de ventre e digestão lenta e também transtornos nervosos, como depressão, fadiga ou irritabilidade. Em casos extremos, poderá verificar-se inflamação dos nervos periféricos (polineurite).

Aumentam as necessidades de vitamina B1 em casos de toxicodependência, tabagismo, alcoolismo ou transtornos de ordem nervosa.

 

 

Voltar a Nutrientes