Nutrição para Períodos sem Competição

 

Nutrição Desportiva

 

O período fora da estação é um momento para relaxar e fazer uma pausa do stress da temporada. Aproveite esta época, mas tenha cuidado para não "estourar" e mantenha boas práticas de nutrição desportiva, ou será mais difícil voltar em forma para a próxima temporada.

 

 

Objetivos e Metas

Se o peso do corpo é uma preocupação, tentar manter os níveis que obteve durante a temporada, para entrar em melhor forma quando retomar os treinos de pré-temporada.
A massa muscular deve ser mantida, ou aumentada para desportistas mais jovens, caso seja esse o objectivo de peso para a próxima temporada. Esta é uma altura para efectivamente aumentar a massa magra do corpo, enquanto o treino e os jogos não são contribuir para o consumo de energia.

Equilíbrio entre Energia consumida e Energia Dispendida

Com a redução do gasto energético (menos tempo de treino) é necessário que haja uma redução no consumo de energia (energia dos alimentos ingeridos), ou o armazenamento de gordura corporal aumenta. Pode experimentar uma redução da fome e do apetite, o que tornará mais fácil a redução do consumo de energia. Reduzir a ingestão de energia é feita principalmente pela redução da ingestão total de alimentos e pela redução da gordura nos alimentos.

Há duas estratégias básicas para reduzir a ingestão de alimentos.

Reduzir o tamanho de suas refeições principais, e continuar a ter pequenos lanches

Comer o mesmo tamanho das refeições principais e abolir todos os lanches da sua alimentação

Tenha em atenção que ainda vai ter algum treino base, e que os pequenos lanches serão sempre muito importantes para o processo de recuperação.

 

 

Comer fora de casa

Com mais tempo disponível, pode estar inclinado a comer mais, e agora é o melhor momento para começar a corrigir esta tendência. No entanto, ainda é importante escolher cuidadosamente os restaurantes para evitar grandes alterações na composição corporal durante época de descanso.

Regras básicas:

Evite alimentos ricos em gordura como fast-food (Mcdonald’s, Pizza Hut, KFC, etc), alimentos fritos, pratos com muita gordura (massas com molhos de natas, caril, leite de coco, etc)

Tente consumir alguns legumes ou salada com a refeição

Evite o excesso de calorias de alimentos e bebidas durante as refeições, como batatas fritas e refrigerantes

Não é fácil queimar as calorias extra quando não está em treino competitivo, como durante as emporadas desportivas.

Viagens e Férias

Se estiver de viagem, muitas vezes é difícil manter uma alimentação controlada. Em viagens para o exterior será inevitavelmente mais difícil controlar a alimentação do que em férias no próprio país.

Dicas para viagens locais;

Estar ciente que irá comer fora mais frequentemente

Leve alimentos consigo nas viagens de carro demoradas para evitar comer demasiada fast-food

Tente ficar bem hidratado, especialmente em viagens de avião

Dicas para viagens de longa distância;

Prepare-se sabendo o tipo de alimentos consumidos no país de destino

Seja cuidadoso quanto à higiene alimentar e qualidade da água. Apenas beba água engarrafada em países do terceiro mundo, coma apenas alimentos muito quentes ou que sejam cozinhados à sua frente de você, ou muito frias mantidas no frigorífico

Se gosta de comer bem, pode ser vantajoso ter sempre consigo algumas fontes de alimentos

Álcool

Por vezes surgem momentos para relaxar e tomar um “copo” social com os amigos. Mas tenha cuidado com alguns dos efeitos colaterais resultados do álcool em excesso, o que nunca é aconselhado:

  • Aumento da gordura corporal
  • Redução dos benefícios do programa de treino e preparação física
  • Acidentes
  • Ressacas
  • Complicações de saúde
  •  

     

    Leia também: Nutrição para uma rápida recuperação